Pages - Menu

17 de fev de 2010

Sonhos de açucar

Imagem extraída do site Sabino


Ele roubou os meus sonhos e os reconstruiu a sua maneira. Lavou-os com açúcar, para que confeitados ganhassem aspecto de nuvens do paraíso. A mentira dele, inundada de verdade, é parte do céu que vôo todos os dias para alcançar a minha própria galáxia. Eu sorri diante da ironia produzida, pois enxerguei os meus objetivos nos deles já alcançados.

3 comentários:

Silvio Crisóstomo disse...

Obrigado mais uma vez Ilana!!!!

Priscila Rôde disse...

Que doce!
Seus textos são coloridos!

Luiz Vita disse...

Saudades Ilana.

Fiquei afastado tanto tempo e devo ter perdido algumas perólas. Vou buscá-las. Sou viciado em revolver o passado.
Beijos