Pages - Menu

13 de jun de 2009

“Dame un tango”




Gosto cálido e envolvente
Rodopios cortantes e sensuais
Vermelho no preto, pernas entrelaçadas
União flutuante do momento sem tempo

“Dame un tango”
Dá-me a palpitação erótica e os olhares que acariciam
Dá-me a música que é ato e celebra a dor do conflito
Que erremos os passos!

Unidos e frenéticos
Apenas dois corpos
Embriagados pela singularidade do foco de luz
Incentivados por mãos clandestinas
“Dame un tango”




[Ilana Copque/

6 comentários:

Marco Sistinne disse...

"Vermelho no preto, pernas entrelaçadas ..." tal beleza como em Sthendal "o vermelho e o negro"; le rouge et le noir ...

"Incentivados por mãos clandestinas" bravo !!!
"Dame un tango" ler e colocar ao lado do disco de Piazzolla; libertango ... adorei.

Abraços
Marco

Jaquelyne A. Costa disse...

Clap-clap-clap!!!

Parabéns!!
Amei isso aqui!!!
Eu AMO tango!!!
Um dia dançarei lá em Buen Aire!!!

Besos

. disse...

Pois somos duas, Jaque
Também sou apaixonada
Se minha confusão deixar em breve começo umas aulas ;)

Short Rasgado no Bumbum. disse...

Aew! Adorei!! ;) Agora ta nos favoritos e não esqueço mais... uahauhauh Só falta botar nos outros pcs! ;)


Bjo irmã!

Ilana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ilana disse...

Esse ponto ai em cima sou eu =P