Pages - Menu

12 de jul de 2010

Longe da perfeição

Fulana era a bem feita de corpo.

Beltrana era a linda.

Cicrana o fez imensamente feliz enquanto durou.

Maria ficou até simpática.

Mick, coitada, esqueceu o retorno e dormiu no banco da praça;

Escutou os murmúrios, enquanto abraçava a indiferença;

Deu uma de cega, pois assim ditava a circunstância.

Sentada ao seu lado, a perfeição a convencia que seus poderes eram ilusórios

Enquanto pensava, Mick observava João...

Observava João...

Observava João...

Ele não merecia seu estoque de falsos milagres.

Um comentário:

Priscila Rôde disse...

Não encontro alguém que mereça!

Adorei, Ilana.