Pages - Menu

20 de dez de 2010

Sempre +

"Dizem que a gente tem o que precisa. Não o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. Eu quero mais. Mais paz. Mais saúde.Mais dinheiro. Mais poesia. Mais verdade. Mais harmonia. Mais noites bem dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Mais você. Mais sorrisos, beijos e aquela rima grudada na boca. Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais".

9 comentários:

Priscila Rôde disse...

Gosto do que transborda, não do que falta!

Jude Araujo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jude Araujo disse...

Quero metade de tudo isso, e o resto que esqueci de dizer tbm!
Saudades melhor amigaa!

Beijooooo!

Gabs disse...

São desejos simples, você pode ter, e irá ter! :)
Um feliz natal.
(parabéns pelo blog)

Papagaio Mudo disse...

"nada é muito quando é demais"
adoro isso! :)

Boas festas e feliz ano novo.
abraços,


Gustavo

Bruna disse...

Tão simples e tão lindo esse texto.
Um 2011 com muito mais pra vc!

Grande. disse...

Seila quem é vc. O titulo do seu blog é do caralho. !

Grande. disse...

visita o meu. è o contrario do seu
http://blog-do-grande.blogspot.com/

Thiago Quintella de Mattos disse...

Ótima referência! Caio F. Abreu possui um modo interessante de nos mandar à nossa mente suas ideias.